fbpx

CHARCUTARIA PORTUGUESA - PRESUNTO VARANEGRA

Charcutaria Portuguesa Presunto VARANEGRA - SEL
As provas presunto pata negra converteram-se, nos últimos anos, num clássico dos concursos de todo o mundo, o que promoveu a formação de um grande número de especialistas provadores que foram estabelecendo as bases e os passos a seguir para uma prova satisfatória para que se possa descrever, da forma mais precisa possível, as qualidades organoléticas do presunto pata negra
Enquanto se aborda o processo que vai desde a criação do porco até à cura, chega-se ao momento definitivo, à prova do presunto pata negra, prova final que servirá para destacar o produto e portanto, a estabelecer o seu valor gastronômico.
Mas é necessário ter noções básicas da linguagem e dos padrões utilizados, para poder retirar o máximo partido dos nossos sentidos e captar ao máximo os requintes do presunto.

A importância da exposição do presunto pata negra em provas de degustação

O olhar é o primeiro dos sentidos que interagem numa prova de presunto pata negra. Podemos observar a sua forma e discernir desde o início se nos encontramos perante um presunto pata negra de qualidade.
Um presunto largo, com a pata negra ou escura, que tenha os ossos bastante finos e que contenha alguns moldes na parte mais superficial, apresenta-se como um excelente concorrente, pelo menos na aparência. Sem dúvida que, os especialistas provadores prestam muita atenção ao aspecto da peça. Uma vez que se começa a pelar/descascar o presunto, pode ver-se uma primeira capa de gordura amarela devido ao tempo de cura a que foi exposto. Assim que se começa a preparar a peça para ser fatiada, pode ver-se uma boa quantidade de gordura branca pegada aos músculos, a qual deve a sua presença ao regime de pastoreio em que foi engordado o porco. Se a tonalidade desta gordura for rosada, quer dizer que não estamos perante qualquer presunto, senão num dos melhores exemplares de Presunto de Porco Alentejano/ Porco Ibérico.

A parte magra também sugere muitas coisas através de um simples olhar. Na generalidade, nas zonas menos curadas e à temperatura ambiente, um bom presunto tem uma cor vermelha ou rosa intenso e é brilhante pelo efeito da gordura intramuscular. Para além disso, podemos observar toda uma série de aminoácidos cristalizados que estão repartidos pela carne magra.
Specialists in the tasting of the Pata Negra ham make sure that they are responsible for the taste refinements that give the Pata Negra ham such a special personality. We speak of umami, a flavor discovered a few years ago in Japan and which literally means tasty.

A origem do Presunto VARANEGRA ESTREMOZ
A cidade de Estremoz sediada no Coração do Alentejo tem dos climas mais peculiares de Portugal continental, perfeitos para a produção de vinho, Presuntos e enchidos, Estremoz tem invernos rigorosos e húmidos e verões quentes e secos, clima ideal para a produção destas maravilhosas iguarias gastronómicas, este clima é conseguido derivado á sua localização geográfica, a cidade assenta na maior reserva de jazidas de mármore da península Ibérica e protegida de ventos fortes pela majestosa serra d`Ossa, fazem com que Estremoz tenha o clima perfeito para a cura natural do produto, tudo isso somado ao profissionalismo dos colaboradores que constituem a família SEL.
O Presunto VARANEGRA tem o seu brilho próprio, cujos os únicos ingredientes são a matéria-prima, sal marinho e muita paciência.

Comments are closed.

All search results